/Nova CPMF derruba secretário da Receita Marcos Cintra, diz jornal

Nova CPMF derruba secretário da Receita Marcos Cintra, diz jornal


Marcos Cintra

(Fernando Frazão/Agência Brasil)

SÃO PAULO — O secretário da Receita Federal Marcos Cintra está de saída do governo. O motivo seria a discussão sobre a criação de um novo tributo similar à CPMF.

Ontem, o secretário-adjunto da Receita, Marcelo de Sousa Silva, confirmou que o governo vai enviar a proposta que reintroduz o imposto sobre transações financeiras para reduzir gradualmente os impostos que as empresas pagam sobre os salários de funcionários.

A proposta, que foi apresentada ontem no Fórum Nacional Tributário, prevê taxar em 0,40% as operações de saques e depósitos, e em 0,20% as operações de débito e crédito.

O pedido de exoneração de Marcos Cintra foi confirmado pelo Ministério da Economia, que afirmou em nota que “ainda não há um projeto de reforma tributária finalizado.”

“A equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento. A proposta somente será divulgada depois do aval do ministro Paulo Guedes e do presidente da República, Jair Bolsonaro”, afirma a nota do Ministério.

O auditor fiscal José de Assis Ferraz Neto vai assumir interinamente o cargo de secretário da Receita no lugar de Cintra. 

Original Source