/CEO da Petrobras: aumento da gasolina reflete nova realidade de preços

CEO da Petrobras: aumento da gasolina reflete nova realidade de preços


O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse que ninguém deveria se surpreender com o aumento de preço do diesel e da gasolina anunciado agora à noite.

“Eu havia dito — e o Presidente Bolsonaro falou na segunda-feira — que a Petrobras não faria ajuste de imediato, mas ninguém falou que não haveria ajuste,” Castello Branco disse ao Brazil Journal.

A Petrobras anunciou um reajuste de 3,5% na gasolina e 4,2% no diesel. Os novos valores entram em vigor nesta quinta.

O reajuste sugere autonomia da estatal para fixar preços e é coerente com seu programa de desinvestimento de refinarias, que seria prejudicado se o Governo interferisse na política de preços da empresa.

Castello Branco explicou como a Petrobras viu o desenrolar dos eventos no mercado de petróleo nos últimos dias, depois do ataque às instalações sauditas, que fizeram o barril sair de US$ 59 para cerca de US$ 70 antes de cair para US$ 63,5 hoje.

“O ataque aos campos da Arábia Saudita foi um evento surpresa negativo, e a reação natural do mercado foi a alta de preços e um aumento substancial na volatilidade. Em situações como essa forma-se um núcleo de volatilidade. Para você ter ideia, a volatilidade intraday nos dias 16 e 17 foi cinco vezes maior do que a média dos últimos seis meses. Hoje a volatilidade retornou à média, e foi possível ter uma visão do novo patamar de preços no curto prazo. Completou-se o processo de price discovery [formação de preços] até que surja alguma outra informação importante.”

TagsPetróleo, PETR3, PETR4

Siga o Brazil Journal no Instagram e assine nossa newsletter aqui embaixo.

Original Source