/Magazine Luiza (MGLU3) anuncia oferta de ações que pode captar até R$ 5,2 bilhões

Magazine Luiza (MGLU3) anuncia oferta de ações que pode captar até R$ 5,2 bilhões


A varejista Magazine Luiza (MGLU3) informou que o conselho de administração aprovou a realização de uma oferta pública de distribuição primária e secundária de ações ordinárias.

Segundo fato relevante, a oferta restrita consistirá na distribuição pública primária de 90 milhões de novas ações de emissão da companhia.

Até a data de conclusão do procedimento de bookbuilding, em 12 de novembro, a oferta poderá ser acrescida em até 33%, ou seja, em até 30 milhões de ações ordinárias – divididas em primária de até 10 milhões de ações e dos acionistas vendedores, em até 20 milhões.

Leia também:
• Lock-up nas ofertas de ações: a nova polêmica do mercado

Com base na cotação de fechamento de ontem, de R$ 44,02, a oferta poderia atingir R$ 3,961 bilhões ou R$ 5,282 bilhões considerando a totalidade das ações adicionais.

De acordo com o comunicado, os recursos serão destinados principalmente para: (i) investimentos de longo prazo de maneira geral (em tecnologia, automação, logística, novas categorias, iniciativas de serviços digitais, abertura de lojas, aquisições estratégicas); e (ii) otimização da estrutura de capital da empresa.

As ações MGLU3 registram baixa de 3,02%, a R$ 42,67, na sessão desta quinta-feira. “Esperamos impacto negativo no preço das ações no curto prazo, pois geralmente o investidor institucional joga o preço da ação para baixo numa oferta restrita”, avalia a Levante Ideias de Investimento.

Contudo, a notícia é vista como positiva. Mariana Vergueiro, analista da XP Investimentos, destaca que, por meio desta oferta, a Magalu segue o movimento dos competidores Mercadolibre e B2W, que também levantaram esse ano US$ 2 bilhões e R$ 2,5 bilhões, respectivamente, por meio de emissão de ações.

Assim, avalia a analista, embora a empresa já estivesse em uma posição de balanço sólida, o capital a ser potencialmente levantado por meio da oferta primária deve fortalecer o contínuo ganho de participação de mercado e o crescimento acelerado por mais tempo que o esperado (confira a análise clicando aqui).

Vale destacar que, na véspera, as ações MGLU3 saltaram 7% após a divulgação dos resultados do terceiro trimestre, que mostraram um crescimento exponencial do segmento de e-commerce e surpreenderam analistas já otimistas com a varejista.

Original Source